RSCMB > Notícias > SCCE e CAEP doam livros para Liga Acadêmica de Feridas da UFMG

SCCE e CAEP doam livros para Liga Acadêmica de Feridas da UFMG

Foi com muita alegria e satisfação que no dia 25 de agosto, a Sociedade Civil Casas de Educação – SCCE – doou livros infantis, didáticos e religiosos para a Liga Acadêmica de Feridas, registrada no Departamento de Cirurgia da UFMG, na pessoa da Profª. Beatriz Deoti, Coordenadora Docente.

A Liga Acadêmica de Feridas da Universidade Federal de Minas Gerais (LAF – UFMG) é um projeto da Universidade e tem como principal objetivo preparar os estudantes para uma correta abordagem dos diferentes tipos de feridas. A liga também é composta de ações de extensão nas quais os alunos podem colocar em prática os conhecimentos adquiridos em sala de aula ao orientar a comunidade sobre prevenção de acidentes e cuidados com as feridas.

Nestas ações de extensão, os discentes acadêmicos atendem alunos de escolas públicas do Estado de Minas Gerais, onde praticam os conhecimentos adquiridos no meio acadêmico. Em suas atuações, docentes e discentes, observaram a demanda das escolas por livros infantis para as crianças que l á estudam.

Por meio de uma mensagem recebida pelo WatsApp, Ir. Ana Helena, rscm, teve conhecimento sobre a campanha da Profª Beatriz para doação de livros infantis e literários que seriam repassados para às escolas públicas de ensino primário. A Provincial sensibilizada pela ação dos professores e alunos da Universidade destinou os livros doados pelos próprios Colaboradores da Sociedade Civil Casas de Educação – SCCE, pelas Religiosas e, também, pela Equipe do CAEP (Centro Administrativo Educacional da Província) à Liga Acadêmica.

No dia seguinte a retirada dos livros pela Srª Alessandra Deoti, o Centro Provincial recebeu uma carta da Profª Beatriz de agradecimento pelos livros doados e fotos que registraram a entrega de livros na Escola Municipal “Ordália Ferreira Campos”, recebidas pela Diretora da Escola Sra. Vânia Lúcia Lírio. (Veja a carta)

É gratificante contribuir para ações de práticas pedagógicas ou projetos focados na educação, que conduzem à formação da cidadania ativa dos menos favorecidos. É um dos meios de se manter viva a Missão de Pe. Gailhac.

Míriam Carmélia Lopes – Auxiliar da Secretaria Provincial

Veja Mais: