RSCMB > Notícias >     “Começar pouca coisa: o essencial é estabelecer bem o que começou”.

    “Começar pouca coisa: o essencial é estabelecer bem o que começou”.

IMG-20180201-WA0029

Venho, através dessa noticia, partilhar com vocês o encontro que aconteceu em Bèziers. na Casa Mãe, nos dias 28 de dezembro a 06 de Janeiro de 2018.
Agradeço ao Conselho Geral e à Equipe Organizadora por este convite.

No início, quando recebi o convite para participar desse encontro aceitei com alegria, porque sempre tive vontade de conhecer a origem da nossa Congregação. Foi um tempo propício que me levou a rezar e refleti o sentido de ir à Casa Mãe e assim pisar nos lugares por onde o Padre Gailhac andou . Tudo me comovia que não tinha como conter as emoções. O vivêncio que o Padre Gailhac, juntamente com Irmã Saint Jean fez. Tudo que vivenciei me fez ter um novo olhar e ser mais apaixonada pelo projeto de Cristo.

No dia 28, Irmã Roz, na sua apresentação, refletiu conosco como devemos ser discípulas apaixonadas. Ela disse que devemos nos enraizar firmemente na compreensão sempre mais profunda do nosso chamamento à vida religiosa pelo Espírito Santo e ao apelo muito particular como RSCM. E as nossas constituições são um fundamento firme e claro sobre o qual construímos a nossa vida totalmente entregue a Deus e aos outros.

Ela convidou cada uma a escutar as Constituições com o coração novo e um novo olhar para que o Espírito Santo possa renová-la em vida e amor. E assim, inspiradas por Deus, possamos aprofundar a paixão por Jesus Cristo, a paixão pela humanidade e paixão pela vida.  Essa reflexão me ajudou a refleti e perceber como estou vivendo como discípula apaixonada pelo projeto de Cristo. Fez eco dentro de mim deixando me interpelar nesse projeto que é tão expansivo.

Também tivemos a alegria de ter a presença da Irmã Ana Luísa Pinto, que nos alegrou com sua reflexão sobre nossa missão de conhecer a Deus e torná-lo conhecido. Proclamar que Jesus veio para que todos tenham vida. É Deus o missionário por Excelência!

Com efeito, o nosso Deus tem a iniciativa de vir ao nosso encontro, de se dar a conhecer e deseja permanecer numa relação próxima e Íntima com as suas criaturas. É Deus conosco. Tocou-me profundamente quando ela destacou que não é por acaso que a fé, e o compromisso total com Cristo, são pedra fundamental da nossa espiritualidade.

E assim, com a presença alegre e de uma espiritualidade profunda, não podia faltar a Irmã Kathleen Connell , para nos enriquecer com a reflexão: visão de fé do Padre Gailhac e a espiritualidade das RSCM. Irmã Valéria também deu sua contribuição, trazendo uma belíssima colocação com o tema: Apollone Mulher de fé.

Também agradeço á Irmã Ellen Marie Keane, filósofa, que nos enriqueceu com sua reflexão, mesmo através do vídeo . Ela destacou a questão do feminismo e disse: Feminismo é uma visão da vida que realça a inclusão em vez da separação, e a reciprocidade nas relações, em vez de domínio e submissão. O feminismo implica também a convicção de que o desenvolvimento individual completo pode ocorrer apenas dentro de uma comunidade humana estruturada na justiça. Ela nos convidou a lembrar de uma mulher ou varias mulheres, que pensa ser sabia.

Também os trabalhos em grupos foram de suma importância nos enriquecendo com as partilhas e experiências que cada uma ia trazendo. Foram vários momentos que vivenciei e que vou levar para minha caminhada, na certeza de que a formação é continua e para toda a vida. Tudo aconteceu de uma forma muito leve e dinâmica, levando-nos a uma profunda intimidade com nós mesmas e com Deus. Realmente pude voltar mais revigorada e fortalecida e com um novo olhar. O encontro não terminou, ele apenas estava começando.

Quero agradecer as nossas Irmãs tradutoras, pela disponibilidade e disposição de contribuir conosco nesse encontro. Ao Conselho Geral meu agradecimento. Também agradeço a todas as Irmãs e às pessoas que nos acompanharam através de orações pelo n e-mail. Agradeço a Província Brasileira pelo apoio e incentivo desde o momento que recebi o convite para participar do encontro na casa mãe.

Louvo e agradeço a Deus por tudo que realiza na minha vida.

Rosineia Aparecida dos Reis – RSCM

Veja Mais: